Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

sábado, 28 de novembro de 2009

Hornillos del Camino a Castrojeriz.

Vale de Hormaza a Arroyo San Boal.
E por falar em povoado desértico o de Hornillos del Camino continua o mesmo! Tudo estava fechado e desértico como se o mundo tivesse acabado. Aí funcionou a minha lista de opções para uma Casa Rural fora de rota de uns quatro kms. Conseguir um telefone para contactar vir me buscar foi difícil, mas será outra história para depois. Após meia hora na desértica Hornillos surge um velho citroen que vai me conduzir a El Molino. Uma casa rural no meio do nada onde fui muito bem recebido com direito a um jantar e um vinho La Rioja. Um militar espanhol aposentado e as filhas me trataram muito bem, e pela manhã um café junto com a família encerrou a minha estadia. Duas das filhas me levaram de volta a Hornillos para continuar o caminho,
A caminhada de hoje parecia ser difícil pela previsão de chuva o dia inteiro. E como sempre aquela velha sorte de outros caminhos. Um dia nublado de baixas temperaturas, mas sem o mau tempo previsto.
No passado as trilhas das mesetas de Burgos eram terríveis, mas agora estão excelentes. Foram quase onze kms de caminhos bem marcados e sem problemas. Trechos com vento moderado e temperaturas de 3 a 5 graus. E no meio do nada continua surgindo Hontanas. Outro povoado desértico onde só encontrei uma menina para confirmar que estava tudo fechado, mas já era previsível. Depois de um descanso é pé na estrada pela velha trilha das ruínas de San Miguel, pois ainda faltam mais 10 kms.. E como custa chegar ao Convento San Antón pela estreita estrada. Após San Antón já se vê as ruínas do castelo e Castrojeriz, e como o previsto às 3 da tarde estou entrando em Castrojeriz. Povoado desértico mas com estrutura de 4 hostais, e 2 estão abertos.
Um dos trechos mais emblemáticos do caminho foram concluídos.
Amanhã está prevista uma etapa curta, pois pode nevar. Vamos aguardar!
Manoel Brasília.
Direto de Castrojeriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.