Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Bom Caminho! Paz, Amor e Esperança renovada em 2015


Que os nossos caminhos em 2015 sejam abençoados, e que as experiências de 2014 não sejam esquecidas.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL E PRÓSPERO 2015

E, mais uma vez fechamos um ciclo em nossas atividades cotidianas aonde a nossa alma peregrina permanece atenta aos sinais que colhemos ao longo do nosso caminhar a Santiago de Compostela, e também em nossas vidas do dia a dia.
A cada ano surgem novos caminhantes, e muitas mudanças de comportamentos, e de julgamentos sobre a espiritualidade de um caminho que é de todos.
Não adianta ficarmos procurando quem seria o dono da verdade, pois não o encontraremos.
Cabe então a nós dentro de nossa possibilidade, falar menos e caminhar mais, e bem atentos aos sinais que são apresentados a cada um de nós.
Todos terão a sua história pessoal para divulgar, ou não, sem a necessidade de julgar os comportamentos alheios de uma forma política do momento.
E haja histórias para contar e reflexionar ao longo de caminhos a Santiago de Compostela.
Às vezes em um lugar desprovido de atrativos é que surge um fato marcante e pessoal.
O fato marcante que vou relatar do meu caminho de 2014 não ocorreu em um lugar isolado ou sem atrativos.
Aconteceu em Cáceres uma grande cidade histórica da Espanha, e por onde passa a Via de La Plata rumo a Santiago de Compostela.
Naquele dia necessitava despachar pelos correios uma caixa volumosa de quase 15 quilos.
A distância do hotel aos correios era considerável, e na parte antiga da cidade estava difícil encontrar um táxi em uma manhã fria e chuvosa.
Queria chegar ao correio logo na sua abertura e aproveitei uma estiada da chuva para seguir a pé com a volumosa caixa.
Logo na saída do hotel apareceu um trabalhador de rua com um carregador de volumes.
Uma pessoa sorridente e muito falante que me ofereceu o seu transporte de volumes. O interessante é que ele não se prontificou a carregar a caixa. Ele estava me emprestando o equipamento de transportes.
Fez questão que eu colocasse a caixa no local de transporte, e o deslocamento pela cidade seria feito por mim.
E lá fui eu carregando a minha tralha na direção do correio, e ele acompanhando ao lado, pelas ruas movimentadas de Cáceres.
Era uma pessoa conhecida, pois de vez em quando cumprimentava um ou outro de forma cordial e sorridente.
Algumas pessoas ficavam surpresas de ver aquela cena incomum de rua.
Ao final fez questão de ir até ao interior da oficina dos correios.
Ele, antes que eu fizesse um gesto de retribuição em dinheiro, balançou negativamente a cabeça e me falou.
Eu o ajudei porque me faz bem em ajudar as pessoas. E completou o seu pensamento. Fazer o bem sem ver a quem.
Deixo aos amigos as palavras do carregador de volumes de Cáceres.
O fazer o bem mesmo sendo da forma mais simples, e sem ver a quem será o beneficiado.

Que tenhamos um Natal peregrino de paz e que caminhemos para mais um ano em que possamos ter a oportunidade de ser feliz na ajuda ao próximo.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Atividade 17/2014 - Natal Peregrino

Ao lado direito do Blog clicar na Atividade 17/2014 para ver as fotos de nossa Festa.
Uma oportunidade para quem não pode comparecer apreciar o que perdeu.


sábado, 6 de dezembro de 2014

Festa Natal Peregrinos de Brasília. - Caminho Santiago Brasília.

Tivemos no dia de ontem a Festa de Natal do Grupo Peregrinos da Paz, em Brasília.
Agradeço a presença de todos amigos peregrinos que compareceram ao evento. Foi muito bom conviver momentos de alegria com todos durante mais um ano.
Todos os anos renovam-se boa parte dos peregrinos, e mantemos o mesmo ideal de indicar a primeira seta amarela do Caminho de Santiago de Compostela.
Um bom Natal com paz, saúde e esperança renovada a todos que participaram da festa, e extensivos aos que por algum motivo não puderam ou desejaram comparecer
E por final uma mensagem recebida ao longo do Caminho Santiago realizado em 2014.

FAZER O BEM SEM VER A QUEM.