Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

domingo, 28 de abril de 2013

Caminho Inglês 1 - Ferrol a Las Gándaras.

O Caminho Inglês a Santiago de Compostela tem seu início na cidade de Ferrol na Galicia.
Teremos que sair de Ferrol para a Ferrol Vello para não perdermos o rumo certo do Caminho Inglês.
Tanto a chegada de ônibus ou de trem nos deixa na Rua Paseo da Estación. Seguir Avenida de Compostela até a Plaza de Camilo Cela. Chegando a Plaza Camilo Cela seguir pela calle Real no sentido do barrio Magdalena onde se concentra o centro antigo e histórico de Ferrol. A calle Real levará o peregrino até Ferrol Vello.
Ao chegar ao porto de Ferrol Vello, Peirão de Curuxeiras convém ir direto a oficina de turismo que fica no mesmo porto. Solicitar um mapa da cidade com informações sobre o caminho inglês e selar a credencial, pois sabemos que procurar a igreja de sua preferência para o dito carimbo é uma missão árdua.
Quem deseja conhecer a parte turística e histórica da cidade necessariamente terá que permanecer mais um dia em Ferrol.
Para quem dispõem de tempo limitado é colocar a mochila nas costas e seguir na parte da tarde na direção do Polígono das Gándaras na saída de Ferrol.
Do outro lado da rua onde se encontra a oficina de turismo está o marco de início do Caminho Inglês. E de frente a Rua Carmen Curuxeiras onde inicia o caminho. Uma sinalização por placas leva a Calle Real onde seguimos até a Plaza de Armas onde dobramos à direita na direção da Plaza da Constitucional pela Calle Terra. Atravessar a Plaza da Constitucional na direção da Plaza das Angustias que fica ao lado, e pegar a avenida mais próxima  das instalações marítimas do estaleiro Navantia.
A partir daí as setas amarelas são mais constantes na direção da estrada de Caranza e Tellerias que levam o peregrino a Avenida do Mar.
A Avenida do Mar contorna a Enseada de Caranza,  Playa de Caranza e a Enseada de Montón. Logo após aparecerá um trevo rodoviário na saída de Ferrol. Cruzar por baixo da N-651 e logo inicia o Polígono de Gándaras.
 Slide fotos ao lado direito do Blog.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Salve São Jorge !


São Jorge nasceu na Capadócia no ano de 280.
O imperador Diocleciano mandou degolá-lo a 23 de abril de 303.
Padroeiro dos soldados, armeiros e escoteiros.
No século XIV foi adotado como Santo Padroeiro da Inglaterra, Aragão e Portugal.
No candomblé e na umbanda, São Jorge é sincretizado como Ogum ou Oxossi.
Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge.
Para que meus inimigos tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem pensamentos eles possam ter para me fazerem mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem ao meu corpo chegar, e cordas e correntes se quebrem sem ao meu corpo amarrar.
São Jorge ajude-me, e que a paz, o amor e a harmonia estejam sempre presentes no meu coração.
Proteja-nos sempre abrindo e iluminando os nossos caminhos.

Oração de São Jorge
Oração a São JorgeEu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.
Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos.
Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.
São Jorge rogue por nós.


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Caminho Aragonês 9 - Monreal a Puente de La Reina (Gares).


Etapa 9 - Monreal a Puente de La Reina (Gares)
 Distancia aproximada de 26,3 quilômetros.
A Saída de Monreal é pelo interior do povoado. Muita atenção na sinalização da trilha que leva a Yárnoz. Aclives e declives contínuos e fortes contornando ao pé da Serra de Alaiz. Passagem pelos povoados desertos e sem apoio de Yárnoz, Otano, Ezperun e Guerendiain. Todos os povoados têm uma ligação à direita com a estrada secundária que leva a Tiebas. Antigamente existia a possibilidade de seguir por estrada, mas o tráfego da região aumentou bastante e um canal de irrigação dificulta o acesso. Após Tiebas o caminho prossegue à esquerda do campo de futebol na direção de Muruarte de Reta, Olcoz e Enériz por trilhas áridas e sem sombras. Após Eneriz caminho amplo a Ermita de Eunate. A sinalização indica a Obaños, mas estrada à esquerda leva direto a Puente de La Reina.
O Caminho Aragonês termina aqui com junção ao Caminho Francês.
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Caminho Aragonês 8 - Lumbier a Monreal.


Etapa 8 - Lumbier a Monreal.
Distancia aproximada de 18,5 quilômetros.
A saída de Lumbier é pela estrada sinalizada com uma seta amarela. Prestar bem atenção! Após quase dois quilômetros pela estrada que leva a Tafalla uma seta amarela ou verde indica abandonar a estrada por um caminho de terra à direita. É um caminho amplo e sinalizado após o término das obras da autovia. A sinalização de setas verdes ou amarelas levam ao povoado de Nardués. O caminho após Nardués segue pela rodovia sem entrar em Aldunate na direção do Alto de Loiti. Após o Alto de Loiti o caminho segue na direção de Izco por caminhos de terra a Abinzano, Idocin, Salinas e Monreal.
Os trechos de aclives de maior dificuldade são os da região de Lumbier até a entrada do povoado de Nardués (3,0 km) e a subida ao Alto de Loiti (2,4 km). Os trechos de declives são suaves através amplos caminhos de terra.
Slide fotos da etapa ao lado direito Blog. Clique na Imagem e tenha acesso ao álbum de etapas do Caminho aragonês.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Caminho Aragonês 7 - Undués de Lerda a Lumbier.


Etapa 7 - Undués de Lerda a Lumbier.
Distancia aproximada de 21,2 quilômetros.
Os trechos de aclives e declives são suaves e através amplos caminhos de terra chega-se até Sangüesa. Após Sangüesa por estrada seguir até Liédena. Após cruzar a ponte sobre o rio Irati logo em seguida entra-se à esquerda na área da antiga estação do trem de Irati. Após a estação inicia o Parque da Foz de Lumbier.O ponto relevante da etapa é a passagem pela Foz de Lumbier e seus dois túneis. Para cruzar os túneis da antiga ferrovia Irati  é necessário o uso de um boa lanterna. Após a foz o caminho prossegue ao povoado de Lumbier. Na entrada do povoado está o Hostal Irun-Bide único ponto de apoio logístico.
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Caminho Aragonês 6 - Artieda a Undués de Lerda.


Etapa 6 - Artieda a Undués de Lerda.
Distancia aproximada de 22,5 quilômetros.
O trecho de aclive de maior dificuldade é da região de Ruesta até a entrada de Undués de Lerda. 
É uma subida constante na região de Pena Musera, e através bosques de pinus e caminhos de terra, mas com pouca sombra (7,8 km). 
Os trechos de declives são suaves e não apresentam grandes dificuldades. 
Os pontos relevantes da etapa são as trilhas e bosques na direção Ruesta (2,8 km), a subida constante e cansativa da Peña Musera após Ruesta, e a entrada de Undués de Lerda por  calzada romana.
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog.

domingo, 14 de abril de 2013

Atividade Brasília - IV/2013 - Café da Manhã Parque Asa Delta e caminhada.

Local da reunião no Parque Asa Delta - Lago Sul                                     
Tivemos na manhã de hoje uma nova experiência nas atividades do Grupo.
Um café da manhã, bate papo peregrino, caminhada "Parque Asa Delta - Península Sul - Pontão Lago Sul", entrega de credenciais e ao final a partilha peregrina com saudação aos aniversariantes de abril.
Um novo formato de reunião que foi aprovada por todos, e mais uma vez acima das expectativas.
Todos os 37 participantes ao evento aprovaram as idéias em desenvolvimento de abrir o grupo e de procurar fugir do cotidiano das desgastadas reuniões mensais.
A experiência adotada hoje será em breve realizada no Parque da Cidade, mas com um enfoque diferente junto a público externo.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Caminho Aragonês 5 - Puente de La Reina de Jaca a Artieda.



Etapa 5 - Puente de La Reina de Jaca a Artieda.
Distancia aproximada de 20,6 Km quilómetros.
Retornar ao caminho pela ponte do povoado de Puente de La Reina de Jaca. Não há necessidade de seguir para Arrés caso tenha pernoitado em Puente de La Reina de Jaca. O trecho de aclive de maior dificuldade é o da região de Mianos até o povoado de Artieda. É uma subida constante de quase 4 quilômetros. Os pontos relevantes da etapa são as estradas e caminhos de terra através áreas desertas e sem sombras. É um trecho solitário que exige paciência, e que não pode faltar a água e nem o lanche, pois não existe apoio logístico.
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Caminho Aragonês 4 - San Juan de La Peña a Puente de La Reina de Jaca.


Etapa 4 - San Juan de La Peña a Puente de La Reina de Jaca.
Distancia de 19,5 quilômetros.
Retornamos do Monastério novo de San Juan de La Peña até o Collado Cuatro Caminos e seguimos agora a seta indicadora a Santa Cruz de Los Serós. Por trilha inicia descida da serra de San Juan de La Peña até o povoado de Santa Cruz de Los Serós. Logo na saída do povoado uma ligeira subida saindo do vale na direção do povoado de Binacua. Trilhas e caminhos sem dificuldade até o povoado, e na saída de Binacua já se vê o povoado de Santa Cilia de Jaca e retorno a GR65.3 do caminho aragonês. Após Santa Cilia de Jaca nada mais do que seguir a sinalização tradicional do Caminho Aragonês.
Observação:
O caminho da GR65.3.2 exige paciência e boas condições físicas. Necessita de bom tempo, pois as trilhas em alguns trechos são pontos de escoamento das águas. Não possui apoio logístico em Atarés e Binacua. São trilhas de montanha que exige atenção na sinalização.
Não confundir Puente de La Reina de Jaca com Gares que é Puente de La Reina do caminho francês.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Caminho Santiago Brasília – Atividade IV / 2013

Mapa da caminhada - Parque Asa Delta/Península Sul/Pontão Lago Sul
Caminho Santiago Brasília – Atividade IV / 2013
O “Grupo Peregrino da Paz” – Caminho Santiago Brasília convida a todos peregrinos e seus amigos para um encontro conforme agenda abaixo:
Atividade: Café da manhã e caminhada.
Local da atividade:
Ponto de Encontro Peregrino nº 3 (Parque Asa Delta)
Endereço: Parque Asa Delta – QI 11 do Lago Sul
Data: 14 de abril de 2013 (domingo)
Horários:
Início das atividades: 08.00 horas
Local de reunião: Interior do Parque Asa Delta – Ao lado da Associação de Vôo Livre.
Participantes: Público em geral e entrada franca.
Memento da atividade:
08.00 às 08.45 horas:
Café da manhã no Parque e bate papo peregrino.
08.45 às 10.30 horas:
Caminhada: Parque Asa Delta – Parque Península Sul – Pontão Lago Sul – Parque Asa Delta.
Distancia aproximada: 8 quilômetros
10.30 às 11.30 horas:
Entrega de credenciais para quem está de partida.
Partilha peregrina com aniversariantes de abril.
Observação:
Se possível traga algo para partilhar com o café peregrino e partilha.
Confirme sua presença para adequação de meios no local.


segunda-feira, 8 de abril de 2013

Caminho Aragonês 3 - Via alternativa de San Juan de La Peña.


Etapa 3 - Jaca a San Juan de La Peña.
Distancia aproximada de 23,6 quilômetros.
Saindo de Jaca na região de Puente San Miguel a GR 65.3 sinaliza um camino de terra pela região de Mocorones até o cemitério de Jaca na estrada N-330. Logo após outro camino de terra pela região de Botiguera até a puente do Gaz na estrada N-240. Na puente do Gaz um camino à esquerda indica a GR 65.3.2 de Atarés e San Juan de La Peña. Inicialmente por amplo camino de terra, e depois trilhas de mata com aclives fortes na direção de barranco Payal e pico Sarratiés. Alcançado o collado Sarratiés iniciam declives por trilhas pelo barranco Baguá ao pequeño povoado de Atarés.
Após Atarés um camino de terra até a puente do rio A Bal, e inicio das trilhas com aclive forte na direção do barranco da Foz e Albor até alcançar o alto da serra e chegando na estrada de San Juan de La Peña. Uma trilha à direita tira o peregrino da estrada na direção do Collado Cuatro Caminos. Na sinalização de Cuatro Caminos escolher Monastério San Juan de La Peña Nuevo onde está a nova Hospedria de San Juan de La Peña.
Slide fotos a San Juan de La Peña ao lado direito do Blog.

Caminho Aragonês 3 - Jaca a Puente de La Reina de Jaca.


Etapa 3 - Jaca a Puente de La Reina de Jaca.
Distancia aproximada de 19,4 quilômetros.
Os trechos de aclives e declives não apresentam grande dificuldade.
A saída de Jaca pela GR 65.3 inicia nas proximidades da Puente de San Miguel.(Ver localização no mapa da cidade). A saída é por pista de terra do caminho Mocorones e leva a região do cemitério de Jaca, e depois a puente do Gaz. Na região de puente do Gaz o caminho se divide entre a GR 65.3 a Santa Cilia de Jaca e GR 65.3.2 a Atarés e San Juan de La Peña. O caminho tradicional segue a Santa Cilia de Jaca eixado na estrada N-240, e depois a Puente de La Reina de Jaca. Os pontos relevantes são  a Catedral de Jaca, Ciudadela e Museu das miniaturas e a Puente de San Miguel. Se o pernoite for em Puente de La Reina de Jaca abandonar a sinalização e entrar no povoado pela ponte sobre o rio Aragon. No caso de pernoite no albergue de Arrés não cruzar a ponte e seguir em frente por estrada.
Slide de Fotos ao lado direito do Blog.

sábado, 6 de abril de 2013

Caminho Aragonês 2 - Canfranc Pueblo a Jaca.


Etapa 2 - Canfranc Pueblo a Jaca.
Distancia aproximada de 20,1 quilômetros.
Os trechos de aclives são esporádicos e sem grandes dificuldades. Os trechos de declive são suaves e não apresentam dificuldades. Os pontos relevantes da etapa são as trilhas e caminhos ao longo do rio Aragon, alguns bosques e a beleza das paisagens locais. Atenção nos acostamentos de estrada e sinalização.
A cidade de Jaca possui a Puente de San Miguel como referência de uma saída pouco divulgada pela GR 65.3
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Caminho Aragonês 1 - Puerto Somport a Canfranc Pueblo


Etapa 1 - Puerto Somport a Canfranc Pueblo.
Distancia aproximada de  11,8 quilômetros.
O caminho aragonês ao contrário do francês inicia na parte mais alta acima dos 1.600 metros com tendência de declives até chegar a Canfranc Pueblo com altitudes médias de 1.100 metros.
Os trechos de aclives são esporádicos por trilhas de montanha eixadas na rodovia N-330, e apresentam algumas regiões empedradas que requerem cuidados.
Os trechos de declives são por trilhas de montanha e bosque e não apresentam dificuldades significativas.
Os pontos relevantes da etapa são as belas paisagens dos pirineus aragoneses, as regiões com piso empedrado, e as trilhas nas margens do rio Aragon.
Cuidados especiais em caso de chuva ou neve.
Slide fotos ao lado direito do Blog.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Caminho Françês 30 - Arca de Rua a Santiago de Compostela.


Etapa 30 - Arca de Rua a Santiago de Compostela.
Distancia aproximada de 21,6 quilômetros.
Os trechos de aclives são de alguma dificuldade pelo acúmulo do cansaço e a ânsia de chegar. As subidas da última etapa estão na região de Amenal até Cimadevilla, e da região de Labacolla a Villamayor. Os trechos de declives não apresentam grandes dificuldades. Os pontos relevantes da etapa final a Santiago de Compostela são os grandes bosques de eucaliptos nas regiões de San Antón, Cimadevilla e San Paio. Depois de Lavacolla começam as estradas secundárias até o centro urbano de San Marcos com destaque para o monumento San Francisco peregrino, e o albergue Monte Del Gozo. Uma pequena descida, e as últimas escadas que dão acesso ao cruzamento da autoestrada A-9. Mais a frente seguindo a sinalização moderna da cidade segue-se à esquerda pela  Avenida dos Concheiros. Seguindo a sinalização ao longo da Calle San Pedro logo o peregrino chega a Puerta Del Camino. A partir daí faltam 500 metros para chegar a Catedral de Santiago de Compostela. E aí é partir para o abraço ao SANTO!
Slide fotos da etapa ao lado direito do Blog. Também é possível no álbum de fotos clicar na galeria "caminhosantiagofrances" para acesso a outras etapas de slides.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Caminho Francês 29 - Arzua a Arca de Rua.


Etapa 29 - Arzua a Arca de Rua.
Distancia aproximada de 19,9 quilômetros.
Os trechos de aclives e declives não apresentam dificuldades. Os pontos relevantes da etapa são muitas áreas de bosques ao longo dos povoados Calzada, Calle, Salceda e Empalme.
Devido a facilidade da etapa alguns peregrinos seguem mais a frente, e atualmente existem albergues e hostais mais próximos a Santiago de Compostela.