Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 11 - Belorado a San Juan de Ortega.


Etapa 11 – Belorado a San Juan de Ortega
Distância aproximada de 24,3 quilômetros.
O trecho de aclive mais significativo é de Villafranca Montes de Oca até Alto La Pedraja (4,9 km). Os trechos de declive são suaves e sem muita dificuldade. Os pontos relevantes da etapa são as áreas de bosques a partir de Villafranca Montes de Oca, e o Monastério de San Juan de Ortega.
Clique ao lado no slide fotos para ver fotos sequenciais da etapa.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 10 - Santo Domingo de La Calzada a Belorado.


Etapa 10 - Santo Domingo de La Calzada a Belorado.
Distância aproximada de 23,4 quilômetros.
O trecho não apresenta grande variação de altitudes. 
A subida mais importante é o desvio a esquerda da estrada para passar em Viloria de Rioja. 
Alguns peregrinos prosseguem pelo acostamento da estrada sem passar por Viloria de Rioja o que diminui o percurso em 1,2 km, e seguindo direto a Villamayor Del Rio. 
Os pontos mais relevantes da etapa são as longas caminhadas por andaderos, ao lado da estrada N-120, a passagem pelo povoado de Grañón onde está o famoso albergue da Iglesia  San Juan Bautista aos cuidado do Padre Juan Ignácio, as belas paisagens dos montes entre Grañón e Viloria de La Rioja onde encontra-se o Refúgio de Acácio e Orietta.
As fotos sequenciais da etapa na "Galeria Manoel Silva" conforme publicações anteriores.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 9 - Nájera a Santo Domingo de La Calzada.


Etapa 9 - Nájera a Santo Domingo de La Calzada.
Distância aproximada de 23,3 quilômetros.
 O trecho de aclive mais significativo inicia na região de Alessanco logo após Azofra, e prossegue até as proximidades do povoado de Cirueña (6,3 km). 
O trecho de declive mais significativo inicia na região do povoado de Cirueña até as proximidades de Santo Domingo de La Calzada(4,2 km). 
Os pontos relevantes da etapa são a ausência de bosques e lugares com sombras. Longos caminhos de terra através cultivos e vinhedos. 
Para o desespero do peregrino na altura do campo de golfe de Ciriñuela foram instalados vivendas de luxo, e o traçado foi alterado ao meio das construções. Atenção com a sinalização!
Fotos sequenciais na mesma "Galeria Manoel Silva" das etapas anteriores.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 8 - Logroño a Nájera.


Etapa 8 - Logroño a Nájera
Distância aproximada de 30,1 quilômetros.
Os trechos de aclives mais significativos são do Pantano La Grajera até Alto de La Grajera (2,4 km) e da região de Ventosa até Alto de San Antón (2,8 km). 
Os trechos de declive são suaves e sem muita dificuldade. 
Os pontos relevantes da etapa são a passagem pelo parque de La Grajera, e as trilhas com muitas pedras na região de Alto de San Antón. 
Na região de Alto de San Antón os peregrinos empilham pequenas pedras ao longo da trilha dando um bonito visual. 
Na região de Sotés duas opções: Passar em Ventosa ou seguir em frente ao Alto de San Anton. Melhor opção seguir em frente!
Fotos sequenciais do trecho na "Galeria Manoel Silva" do Picasa google das etapas iniciais.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 7 - Los Arcos a Logroño.


Etapa 7 – Los Arcos a Logroño.
Distancia aproximada de 28,8 quilomêtros.
O trecho de aclive mais significativo inicia na saída do povoado de Torres Del Rio até a região de A Bargota. 
A região de Bargota está agora melhor sinalizada e as trilhas recuperadas.  
O trecho de declive mais significativo é após a região de A Bargota até as proximidades do entroncamento com a estrada N-111(2,4 km). 
Os pontos mais relevantes da etapa são as trilhas e pequenas subidas e descidas no trecho de Torres Del Rio até A Bargota.
Na região de Pântano de Las Cañas próximo a Logroño existem duas sinalizações. Em frente ou à direita. 
A melhor opção é seguir em frente, pois evita o caminho pelo acostamento da estrada. 
Entrada na cidade de Logroño é demorada, mas bem sinalizada.
Fotos sequenciais do trecho na "Galeria Manoel Silva" do Picasa google das etapas iniciais.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 6 - Estella a Los Arcos.


Etapa 6 - Estella a Los Arcos
Distância aproximada de 21,6 quilômetros.
O trecho de aclive mais significativo vai da entrada do povoado de Azqueta até as proximidades do povoado de Villamayor de Monjardin. 
Os trechos de declives são suaves e sem muita dificuldade. 
Os pontos relevantes da etapa são a ausência de bosques e lugares desérticos sem sombras.
Longos caminhos de terra através vinhedos de Villamayor a Los Arcos. Não se esquecer de levar água e lanche!
A etapa foto a foto também está disponível na "Galeria Manoel Silva" do picasa google.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 5 - Puente de La Reina a Estella


Etapa 5 – Puente de La Reina a Estella.
Distância aproximada de 24,2 quilômetros.
Os trechos de aclive de maior dificuldade são de Puente La Reina até ao povoado de Cirauqui, e na entrada do povoado de Lorca. Os trechos de declive são suaves e sem muita dificuldade. Os pontos relevantes da etapa são as trilhas na subida de Mañeru. As novas trilhas na saída de Puente de La Reina e a conclusão das obras da autovia acabou com as dificuldades existentes para chegar a Mañeru.  Em Villatuerta prestar atenção na sinalização para sair do povoado.
Foto a foto da etapa na galeria Manoel Silva de álbuns anteriores.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 4 - Pamplona a Puente de La Reina.


Etapa 4 – Pamplona a Puente de La Reina
Distância aproximada de 24,6 quilômetros.
Os trechos de aclive com maior dificuldade são das proximidades do povoado de Zariquiegui até Alto del Perdón.
Os trechos de declive de maior dificuldade são de Alto Del Perdón até as proximidades do povoado de Uterga.
 Os pontos relevantes da etapa são as trilhas nas proximidades de Alto del Perdón, e a descida para o povoado de Uterga através longo caminho de pedras soltas, em torno de dois quilômetros.
Veja o caminho foto a foto clicando à direita do Blog na foto da Etapa 4 – Pamplona a Puente de La Reina.
Também é possível ver as fotos até a etapa 12 clicando na Galeria Manoel Silva.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Atividade 1 / 2013 - Início com mudanças.


Tivemos no dia de hoje a nossa primeira reunião de peregrinos de Brasília no ano de 2013.
Após treze anos de um formato consolidado quando o Centro Cultural de Brasília – Jesuítas foi a nossa casa de apoio e de divulgação do Caminho de Santiago estamos iniciando mudanças.
O próprio CCB iniciou as suas, e nós temos o dever de realizar as nossas de acordo com as necessidades de atendimento aos novos peregrinos.
Vamos abrir novos espaços e meios pelos quais possamos realizar o mesmo trabalho, mas de forma mais aberta e participativa de todos.
Ao longo do tempo o grupo foi moldado de um formato diferente de uma associação com personalidade jurídica.
Vamos manter a nossa personalidade peregrina de ajudar e informar de uma forma mais simples e solidária.
Para a primeira reunião foi escolhido o Jardim Botânico de Brasília, que ao longo do tempo foi tornando-se um ponto de encontro de peregrinos com suas caminhadas.
Hoje inovamos com uma caminhada e reunião. Deu trabalho? É claro que deu, mas obtemos uma resposta inesperada. O número de pessoas presentes superou a soma das duas primeiras reuniões de 2012.
A presença de muitas caras novas no grupo mostra a renovação e trará ânimo aos mais antigos.
Agradeço a todos que participaram e que deram seu apoio incondicional as mudanças realizadas.
Foram entregues as primeiras credenciais aos peregrinos de partida, e a comemoração dos aniversariantes de dezembro, janeiro e fevereiro.
Ao longo do ano iremos testando novos rumos, mas sempre com olhar final voltado a Santiago de Compostela.



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 3 - Zubiri a Pamplona.


Etapa 3 – Zubiri a Pamplona
Distancia aproximada 22,5 quilômetros.
Os trechos em aclive são suaves, e o declive mais acentuado na localidade de Arleta em direção a Villava. 
O caminho após Zubiri pela fábrica de cimento foi melhorado. 
Em Zabaldika um novo caminho alternativo foi criado, mas não está sinalizado como caminho de Santiago. 
Os pontos relevantes da etapa são as trilhas em áreas muito bonitas as margens do rio Arga, alguns bosques, a trilha em aclive de Zabaldika, e a passagem do caminho pelo centro urbano de Pamplona. 
Ao lado direito do Blog clicar na foto da etapa e serás direcionado para álbum de fotos sequenciais de toda etapa.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Caminho Santiago Brasilia - Atividade I / 2013


Caminho Santiago Brasília – Atividade I / 2013
O “Grupo Peregrino da Paz” convida a todos peregrinos e seus amigos para um encontro conforme agenda abaixo:
Atividade: Caminhada e reunião.
Local da atividade:
Ponto de Encontro Peregrino nº 1 (Quiosque Bambu do Jardim Botânico)
Endereço: Jardim Botânico de Brasília (Lago Sul)
Data: 17 de fevereiro de 2013 (domingo)
Horário de chegada ao JBB: 08.30 às 08.45 horas.
Local: Estacionamento interno de visitantes do JBB.
Participantes: Público em geral e entrada franca.
Memento da atividade:
Caminhada de seis quilômetros para quem desejar.
Café matinal do peregrino.
Proposição das atividades a serem realizadas em 2013.
Observação:
Na oportunidade estarei comemorando o meu aniversário (15 Fev) com os demais aniversariantes de dezembro, janeiro e fevereiro presentes ao evento.
Se possível traga algo para partilhar no café matinal peregrino.
Confirme sua presença para adequação de meios e identificação na portaria do JBB.
Manoel
GPP-Caminho Santiago Brasília.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 2 - Roncesvalles a Zubiri


Etapa 2 - Roncesvalles a Zubiri
Distância aproximada de 21,9 quilômetros.
Os trechos em aclive de maior dificuldade são de Espinal até Alto de Mezkiritz e de Lintzoain até Alto de Erro.
 O trecho em declive de maior dificuldade é o de Alto de Erro até as proximidades de Zubiri. 
As caminhadas entre grandes pedras exigem muito dos joelhos. 
Os pontos relevantes da etapa são alguns frondosos bosques. 
As trilhas acidentadas foram melhoradas e os caminhos de brita fina acabaram com a maioria das dificuldades em caso de mau tempo.
Ao lado direito do Blog clicar na foto referente a Etapa de Roncesvalles a Zubiri. No álbum pode-se ver foto a foto toda a etapa.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Caminho Francês 1 - Saint Jean Pied de Port a Roncesvalles.


Etapa 1 - Saint Jean Pied de Port a Roncesvalles.
Distância aproximada de 25,7 quilômetros.
Os trechos de aclive com maior dificuldade são de Huntto até o mirante, e do Alto da Cruz até Collado Bentartea, e proximidades do Collado Lepoeder. O trecho em declive de maior dificuldade é o de Collado Lepoeder na direção do caminho de bosques a Roncesvalles. 
Muito cuidado na descida após Collado Lepoeder se o terreno estiver escorregadio por causa do mau tempo.
No Collado Lepoeder existe a opção de descer por Alto de Ibañeta por pista asfaltada e descida mais suave. 
Os pontos relevantes da etapa são os aclives dos Pirineus, as belezas naturais da região, e a descida perigosa do bosque que leva a Roncesvalles. 
Observação:
Ao lado direito do Blog clicar na foto da Etapa de Saint Jean Pied de Port a Roncesvalles e poderás ver foto a foto todo o trajeto.
As próximas etapas de fotos até a de número 12 também já estará disponível clicando no alto do álbum em Galeria Manoel Silva.

O Caminho Santiago Francês.


A partir de hoje terão início as postagens relativas ao Caminho Francês a Santiago de Compostela.
O Caminho será dividido em etapas para maior entendimento, pois as divisões das etapas ficam a critério do peregrino.
Serão postados resumos e locais onde estarão disponíveis as fotos para maior familiaridade com o caminho a ser percorrido.