Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

sábado, 28 de agosto de 2010

Video Monasterio San Juan de La Peña e Monte Perdido

O video abaixo publicado no Youtube é uma amostra do que é a região do monastério.

http://www.youtube.com/watch?v=YzSjHKIHw6U

E também na região de Huesca um sendero imperdível. O Monte Perdido.

http://www.youtube.com/watch?v=5IqsU5Pw76o&feature=related

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Caminho Aragonês – Rota alternativa ao Monastério de San Juan de La Peña.

Mapa de Jaca a San Juan de La Peña
Uma das rotas alternativas pouco percorridas a pé no Pirineus Aragonês é a que conduz ao Monastério de San Juan de La Peña.
O Caminho de Santiago Aragonês, após Jaca segue na direção de Santa Cília de Jaca, Puente de La Reina de Jaca e Albergue de Arrés.
Aproximadamente a 5,6 kms de Jaca ao lado esquerdo da N-240 surge a ponte sobre o rio do Gás.
É o ponto de referência para abandonar o Caminho de Santiago que segue pela GR 65-3, e pegar ao lado esquerdo da estrada a GR 65.3.2 que conduz ao povoado de Atarés, e depois a San Juan de La Peña.
É uma subida lenta e difícil durante grande parte do percurso, mas vale a pena pelas vistas do Valle da Jacetania, Peña Oroel, Canal de Berdun e Jaca.
O Sendero da GR 65.3.2 após Jaca desce na direção de Santa Cruz de La Serós e Binacua, e retornando ao Caminho de Santiago em Santa Cilia de Jaca.
A distância aproximada de Jaca ao Monastério San Juan de La Peña é de 25,5 kms e o tempo gasto em torno de 07.00 horas.
A distância aproximada do Monastério de San Juan de La Peña a Santa Cilia de Jaca é de 13 quilômetros, e o tempo gasto aproximado de 03.30 horas.
Agora no mês de setembro pretendo percorrer alguns senderos aragoneses da Estación de Astún e descendo pelo caminho aragonês na direção de Jaca, e subindo a San Juan de La Peña.
As informações do estado atual da GR 65.3.2 são escassas, mas compensa verificar para repasse aos futuros peregrinos de San Juan de La Peña.
Mapa de San Juan de La Peña a Santa Cilia de Jaca.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ação Social em Mato Seco - GO

Tivemos no domingo a caravana peregrina a Mato Seco - Goiás para entrega de doações e do material escolar para 100 crianças da comunidade. Recepção na chegada.
Após a viagem pelo cerrado com muito pó e aridez nada melhor que a partilha com uma cerveja gelada!
Agradecemos a todos que participaram com doações e aos presentes na reunião.
Ao final tivemos um almoço bem ao estilo peregrino.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Caminho Aragonês - Uma antiga rota pela Foz de Lumbier.

Não faz tanto tempo assim que o caminho aragonês tinha passagem quase que obrigatória pela Foz de Lumbier, e mesmo com o desmoronamento da puente romana chamada de Puente Jesús, e também puente del diablo uma outra atração era passagem pelo dois túneis escavados na rocha ao lado do desfiladeiro do rio Irati.
Para percorrer o antigo caminho é necessário estar munido de uma boa lanterna para cruzar os 175 metros em curva do primeiro túnel. No segundo túnel quando a escuridão total toma conta do ambiente já vemos uma pequena luz ao final.
É um dos trechos mais bonitos do caminho aragonês que caiu no esquecimento.
Os novos guias sinalizam na direção de Rocaforte e Alto de Aibar que apesar da monotonia é mais curto.
Pretendo agora em 2010 percorrer a antiga trilha que de Liédena cruza a Foz de Lumbier na direção de Nardués e Aldunate.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Oficina do Peregrino em novas instalações em Santiago de Compostela.

O local aonde o peregrino apresenta a sua credencial para emissão da sua "Compostela" já funciona precariamente na Casa do Dean devido a avalanche de peregrinos.
Fica localizada ao lado do antigo local, e as filas são inevitáveis apesar de um número maior de atendentes. Atualmente 15 pessoas atendem a demanda crescente de peregrinos.
Notícia publicada em La Voz de Galicia segue abaixo.
* * *
La oficina del Peregrino estrena instalaciones al borde del colapso.
La primera planta de la Casa do Deán, recién restaurada, acogerá los servicios aunque no de forma inmediata.
La restauración de una parte de la primera planta de la Casa do Deán ha mejorado considerablemente las viejas instalaciones de la oficina del peregrino, aunque el traslado a estas nuevas dependencias se hará de forma paulatina a lo largo de las próximas semanas y siempre intentando evitar incrementar aún más los tiempos de espera de las personas que acuden a recoger sus compostelas. El responsable de la oficina, Jenaro Cebrián, apuntó que se cuenta con quince personas en cada turno para atender a los peregrinos y, ante la imposibilidad económica de aumentar el número para doblar la oficina, se repartirá al personal a fin de agilizar la adaptación a las nuevas dependencias. Cebrián apuntó que cuando termine este mes se habrá superado los peregrinos del año santo anterior «habremos entregado unas 180.000 compostelas». Cuando el traslado sea total, el director de la oficina aseguró que se pondrán en marcha en las viejas instalaciones otros servicios y será posible a poner a disposición de los peregrinos el libro de testimonios, que fue retirado para evitar aglomeraciones.
Las nuevas instalaciones, que fueron restauradas mediante un convenio de colaboración con el Consorcio, corresponden a las oficinas situadas en la primera planta de la casa. En la cubierta se instaló un falso techo abierto de madera para permitir la respiración del material y evitar condensaciones. Los muebles son sencillos tanto en las oficinas como en los mostradores. En esta zona se albergará tanto los despachos del responsable de la oficina como los de los coordinadores. También estará la oficina de recepción de los peregrinos y será precisamente esta parte la que se trasladará paulatinamente a lo largo de las semanas próximas. Ya hace un año que se terminaron las obras de otra parte de la casa, conocida como patio del parra, donde se acoge el espacio para guardar las mochilas que eran las antiguas caballerizas. También está en este espacio un punto de atención médica.

sábado, 7 de agosto de 2010

Notícias do Caminho português em Galícia.

La gran afluencia de peregrinos hace que sea complicado encontrar un alojamiento en Redondela.

La gran afluencia de peregrinos que están realizando el camino de Santiago en estos días de agosto hace que sea difícil encontrar un alojamiento disponible en Redondela.
El único hotel que existe en la localidad se encuentra un poco a desmano, ya que está ubicado en la playa de Cesantes. El centro de la villa cuenta con el albergue pero éste se llena con facilidad por lo que los que van caminando a Compostela se tienen que ubicar en alguna de las pensiones de la villa o realizar algo parecido al vivac, es decir dormir al aire libre aprovehcando las benignas temperaturas nocturas que se registran en estas fechas. El problema es la escasez de plazas hoteleras que hay en Redondela debido a la cercanía de la ciudad de Vigo. Existe un proyecto de apertura de un nuevo establecimiento hotelero en rande pero se ha visto retrasado por falta de licencia.