Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Ir ou não ir a Santiago de Compostela em 2010, eis a questão!

É muito difícil tomar uma decisão de ir peregrinar a Santiago de Compostela em um Ano Santo.
Em 1993 nem tanto assim, pois o marketing do Caminho de Santiago estava no início.
Em 1999 com virada de um milênio mais um motivo foi incorporado na divulgação da peregrinação.
Após a virada do milênio a divulgação do caminho ao invés de diminuir foi aumentando gradativamente ao longo de todos os continentes.
E hoje a bola da vez da divulgação é o continente asiático.
A estrutura logística do Caminho de Santiago tem aumentado, mas por sua vez a quantidade de peregrinos na trilha tem sido superior.
No Ano Santo 2004 aquela avalanche de peregrinos foi mais acentuada, e até porque já se visualizava o de 2010 que teria mais um atrativo, pois o próximo ocorreria no longínquo ano de 2021.
E nem chegamos ainda no Ano Santo 2010 e os marqueteiros de plantão continuam insaciáveis.
E já chegaram as portas da igreja para uma solução de 11 anos sem Ano Santo.
Estamos nos tempos modernos e algumas tradições poderiam cair por terra. Que tal um Ano Santo de quatro em quatro anos como a copa do mundo ou olimpíada?
Parece mentira, mas é verdade que tais pleitos já estão na mesa a serem negociados.
A situação caótica que viveu o mundo peregrino em 2009 já evidencia o que será 2010.
A pergunta do momento qual será a melhor época para caminhar no Xacobeo 2010?
É claro que para algumas pessoas todas as épocas escolhidas seriam viáveis, pois raciocinam que tudo que venha acontecer tem o seu motivo pessoal, ou seja, para seu crescimento espiritual ou outros tipos de vivências.
Acontece que a grande maioria, e que muitas vezes é rotulada de turista por alguns “iluminados”, não pensa dessa forma e vive a procura incessante de informações da melhor época.
Os “iluminados de além mar” mandam recados para que evitem os aconselhamentos de ir à determinada época.
Porém dentro da sua sabedoria milenar não determinam qual seria a tal melhor época para 2010.
Pois então vejamos uma síntese de fatores para uma escolha de peregrinar a Santiago de Compostela em 2010.
Janeiro/Fevereiro/Março:
-Número reduzido de peregrinos no caminho.
-Climatologia desfavorável com dias curtos, possibilidade de tormentas e temperaturas baixas.
-Quantidade reduzida tanto de albergues como de hospedagens.
-Necessidade de equipamento um pouco mais pesado para fazer face às dificuldades do frio e da neve.
Abril/Maio/Junho:
-Aumento do número de peregrinos o que ocasiona muitos albergues e hospedagens lotados.
-Climatologia mais favorável com início da primavera, dias mais longos e temperaturas amenas para um bom caminho.
-Necessidade de reserva antecipada em albergues privados ou hostais em alguns locais.
Julho/Agosto/Setembro:
-Número excessivo e indeterminado de peregrinos. Albergues e hospedagens sem disponibilidade para atender a demanda. Para atender os peregrinos excedentes são montadas zonas de acampamento com barracas do exército para capacidade de 20 pessoas. Em 1999 e 2004 nas regiões mais críticas foram montadas mais de 20 barracas.
Climatologia favorável para quem se adapta ao calor. Os peregrinos brasileiros resistem bem ao verão europeu.
Época das férias escolares que acresce acentuadamente o número de peregrinos jovens com outros interesses em Santiago de Compostela.
Necessidade de reserva antecipada de até cinco dias em albergues privados ou hostais.
Outubro/Novembro/Dezembro.
-Número reduzido de peregrinos no caminho.
-Climatologia desfavorável com dias curtos, possibilidade de tormentas e temperaturas baixas.
-Quantidade reduzida tanto de albergues como de hospedagens.
-Necessidade de equipamento um pouco mais pesado para fazer face às dificuldades do frio e da neve.
Pois bem, a escolha será difícil, mas com paciência, tolerância e sabedor de que o seu plano também será de outros tantos poderás chegar a Santiago de Compostela.

Manoel Brasília
Grupo Peregrinos da Paz - Caminho Santiago.
Brasília - DF

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.