Emissão da Credencial Oficial do Peregrino de Santiago.

O "Grupo Peregrino da Paz - Caminho Santiago Brasília" está autorizado pelo centro de acolhida do peregrino da catedral de Santiago de Compostela a emitir a "credencial do peregrino". Ela é emitida aqui mesmo em Brasília gratuitamente.

As pessoas interessadas em informações atualizadas do Caminho Santiago, tais como planilhas, listas de albergues e hospedagens, perguntas mais frequentes, e informações básicas entre em contato através e-mail: manoelbrasilia@gmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
O primeiro contato com o “Caminho de Santiago” foi em 1994. Após quase dois anos em busca de informações mais consistentes realizei o meu primeiro caminho em junho de 1996. Após os primeiros passos continuo até hoje. Ao longo dos anos foram percorridos diversos caminhos que levam a Santiago de Compostela. Além do tradicional Caminho Francês percorrido por diversas vezes também realizei outros trajetos. Em destaque o " Caminho Aragonês" , “Caminho País Vasco Interior e da Costa”, “Caminho Cantábrico”, “ Caminho Asturiano Interior e da Costa”, “Caminho Primitivo”, “Caminho Inglês”, “Caminho Português”, “Caminho de Madrid”, “Caminho del Ebro” e “Caminho de Antonino. Tive também a oportunidade trilhar a “Ruta del Cares”, a “Islas Cies”, “Vale de Azkoa-Selva Irati”, e outras ramificações de caminhos da Galícia, Navarra e Astúrias.

terça-feira, 19 de maio de 2009

O Botafumeiro da Catedral de Santiago de Compostela.

A catedral de Santiago de Compostela mantém uma tradição muito antiga e conhecida dos peregrinos. O Botafumeiro.
Trata-se de um grande incensário de prata que ao final de determinadas celebrações eucarísticas percorre em movimento pendular pela nave lateral do Altar Maior da Catedral de Santiago de Compostela.
Todo peregrino fica ansioso na chegada a Santiago de Compostela para a missa do peregrino, e o encerramento da celebração eucarística com a passagem do “Botafumeiro” por suas cabeças com a emissão do incenso perfumado.
Pois bem, alguns peregrinos ficam decepcionados quando não ocorre a famosa “passagem do botafumeiro”.
Muito se escuta que toda missa do meio dia, e que é a missa do peregrino, tem “Botafumeiro.
Não é bem assim.
Existe um calendário religioso onde em determinados dias do ano o evento é realizado.
Como orientação segue abaixo a relação de datas onde se poderá ver o “Botafumeiro” em alguma das missas no Altar Maior.
- 6 janeiro: Epifania do Senhor.
- Domingo de Páscoa.
- Ascensão do Senhor.
- 23 de maio: Festa de aparição do Apóstolo
- Pentecostes
- 25 de julho: Martírio do Apóstolo
- 15 de agosto: Assunção da Virgem Maria.
- 1 de novembro: Dia de Todos os Santos.
- Cristo Rei – 5º domingo antes do Natal.
- 8 de dezembro: Dia da Imaculada Conceição.
- 25 de dezembro: Nascimento do Senhor
-30 de dezembro: Translado dos restos do Apóstolo.

Além do calendário oficial, por ocasião de visita de grupos religiosos poderá ocorrer também o evento do “Botafumeiro” ao final da missa.
Outra possibilidade muito comum na atualidade é que as agências de viagens que promovem excursões solicitem o evento para seus grupos de viagem mediante um pagamento estipulado pela catedral.
Como existe um movimento constante de turistas com um pouco de sorte o peregrino não perderá aquela parte final da sua peregrinação de que tanto ouve falar.
Para complementar o assunto faça uma visita ao link abaixo:

http://www.archicompostela.org/Peregrinos/Espanol/Peregrinsantiago.htm

3 comentários:

  1. Embora eu saiba que o botafumeiro é pago, sempre me emociono com sua apresentação durante a missa em Santiago! Luciana

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Luciana.
    O Botafumeiro faz parte do ritual final do caminho de cada um.
    O importante é ter paciência caso não ocorra o evento.
    Manoel Brasília.

    ResponderExcluir
  3. Estive recentemente em Santiago. Através de um senhor que como eu, fez um daqueles passeios turísticos nos arredores fiquei sabendo que no dia seguinte, iria acontecer "o botafumeiro" na Catedral.
    Não era um dos dias programados, mas aconteceu. Não perdi a oportunidade. Antes que o grande turíbulo fosse posto em movimento, o Padre que depôs incenso no seu interior motivou os presentes dizendo que aquele incenso devia representar nossas orações e que perfumadas chegassem a Deus.
    O espetáculo cresceu aos meus olhos.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.